Água Pura e Tratada – Cuide da água de sua casa

agua

Olá pessoal

Hoje vamos falar de um bem natural muito precioso que o Criador nos ofertou, tudo que Ele nos deu é bom, mas este me fascina, acho que a vocês também, é a água, ela é a matéria prima mais usada pelo homem e basta dizer que ela é essencial para todas as formas de vida na terra.

Tente imaginar a sua casa sem água, agora pense em todas as tarefas que necessitam deste bendito líquido, pensou né? rsrsrs, pois é, só que temos que pensar também que, se a água não for tratada adequadamente ,ela se torna um veículo de transmissão de doenças, que são chamadas pela ANVISA ,(Agência Nacional de Vigilância Sanitária)  de Doenças de Veiculação Hídrica.

Pois bem, não vamos ficar preocupados não, vamos agir.

Procure saber:

A água que chega à sua casa é tratada, vem do serviço de abastecimento público? É bom você saber que existe um programa de âmbito federal, do Ministério da Saúde, (Programa de Vigilância da Qualidade da Água para o Consumo Humano), este programa é realizado periodicamente pelos técnicos da Vigilância Sanitária.

  • Neste caso é só fazer uso de filtro, tomando o cuidado de fazer a troca da vela, quando perceber que está gasta, segundo o fabricante 3M, a troca deve ser feita semestralmente.
  •  A limpeza das velas deve ser feita somente com água, evite usar qualquer produto, o material da velas é poroso e vai absorvê-lo, e você perde a vela, para auxiliar na limpeza use uma esponja macia.

Caso você faça uso de água de mina, poço, ou outro manancial, é necessário clorar, para cada litro de água você coloca 2 gotas de hipoclorito de sódio a 2,5%, esperar 30 minutos para que o produto elimine todas as  bactérias, outra opção para elimina-las é ferver  a água.

  • Filtre a água para retirar as impurezas e depois clore para eliminar as bactérias.

Caso você compre água, tenha o cuidado de conhecer o local, o armazenamento, transporte, vocês devem estar pensando, isto dá trabalho, concordo, mas comprar água mineral não é sinônimo de estar consumindo uma água saudável, muitos comerciantes deixam os galões expostos ao sol, o que causa surgimento de algas e crescimento de bactérias, isto sem falar que existem estabelecimentos que não são licenciados para comercializar água, e se não existe um espaço físico apropriado para a guarda dos galões, logicamente estas águas estão em risco.

  • Outro cuidado importantíssimo é a higienização do galão, para isto use água, esponja e sabão neutro, esfregue bem a parte do galão que vai entrar em contato com a água, enxague com água clorada (1 copo de água/ 1 colher de água sanitária), somente após esta limpeza retire o lacre.
  •  Ao receber o galão observe:

– O lacre e rótulos tem que estar intactos

–Verifique no rótulo: O registro no Ministério da Saúde, data do engarrafamento e validade, nome da fonte e da empresa.

– Não aceite garrafão sujo ou com manchas.

– Observe na parte inferior do galão, você vai encontrar a validade do recipiente que é de 3 (três) anos.

 

Cuidado com os reservatórios de água:

É necessário a cada seis meses, limpar e fazer a desinfecção, sei que muitos contratam firmas pra realizar este procedimento, mas tem aqueles maridos ou filhos prendados, que gostam de cuidar destas tarefas. Para estes, vou colocar o passo a passo de como limpar as caixas d’água.

Obs.: Os que moram em apartamento, procure saber do síndico sobre a limpeza dos reservatórios.

Limpeza e Higienização da Caixa D’água

  1. Feche o registro de entrada da água, ou amarre a boia;
  2. Deixe a caixa esvaziar, até que restem uma quantidade de  água que seja suficiente para realizar a limpeza das paredes e fundo da mesma;
  3. Tampe o orifício de saída de água (use pano ou outro material), para evitar que a mesma escoe pelos canos de distribuição;
  4. Esfregue as paredes da caixa, com bucha vegetal, ou escova macia de fios firme, não faça uso de produtos químicos na limpeza;
  5. Remova a água e a sujidade do fundo com auxílio de pano, balde e caneco, retirando toda a água;
  6. Mantenha a saída de água fechada, impedindo que a mesma desça e contamine os canos de distribuição;
  7. Deixe entrar água na caixa até encher, acrescente hipoclorito de sódio, ou água sanitária que contenha cloro numa concentração de 2,5%, 1 litro para cada 1.000 litros de água;
  8. Aguarde por duas horas, para que seja feita a desinfecção;
  9. Passado este tempo, abra a saída de água e as torneiras da casa para que, esta água desça pela canalização, limpando e fazendo a desinfecção da mesma;
  10. Tampe a caixa d’água para que não entrem animais ou insetos, e anote a data da limpeza;
  11. Agora, abra a entrada de água.

Ufa, até que enfim, água limpinha, mas o marido tá acabado, kkkkk.

 

Abraços,

Sônia Cabrera

Consultora em Segurança Alimentar e Manipulação de Alimentos
Foto: www.sxc.hu

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *