Como Conservar Cheiro-Verde (e ter sempre erva fresca)

Conservar cheiro verde

Ter sempre erva fresquinha em casa para dar um up em uma preparação é um sonho de consumo né? Falo sonho de consumo porque erva fresca é uma coisa que se estraga muito rápido, as vezes nem chega no fim da semana que nós compramos e fica dífícil estar comprando toda hora, a não ser que você tenha uma horta em casa, ai é outro nível. Por isso, resolvi mostrar aqui o que faço para Conservar o Cheiro-Verde e Ter Sempre Erva Fresca.

Mas, antes de entrarmos nessa questão propriamente dita, quero esclarecer uma coisa: O que é cheiro-verde?

Outro dia uma amiga me perguntou isso, então vamos lá:

O que é Cheiro-Verde?

Quando você está lendo uma receita e lá diz: acrescente cheiro-verde, isso quer dizer para você acrescentar cebolinha e salsinha, na maioria das vezes. Digo na maioria das vezes, porque aqui no nordeste quase todas as vezes é cebolinha e coentro. Mas o coentro tem um sabor bem diferenciado e característico, ele apesar de ser bem parecido com a salsinha, muita gente até confunde quando olha, ele tem o sabor e o cheiro bem diferente e pode não combinar com sua preparação. Então, quando uma receita pedir cheiro-verde prefira usar cebolinha e salsinha se você não tem tanta intimidade com o coentro.

Normalmente o cheiro-verde é vendido  nas feiras e supermercados em maço, como o da foto acima. Como comprei o da foto aqui em Garanhuns (PE), no meu cheiro-verde veio cebolinha e coentro.

Como higienizar Cheiro-verde?

Quando for comprar o maço de cheiro-verde escolha um que esteja bem fresco. O que quer dizer isso? Um que tenha folhas bem verdes e não amareladas e que também não estejam caídas e murchas.

Na hora de lavar o cheiro-verde e higienizar siga os passos que já mostrei aqui nesse post:

Como Higienizar Frutas, Verduras e Legumes

Como Conservar Cheiro-Verde

Bem, agora que você comprou um cheiro-verde bem bonito e já higienizou, só resta ver como conservar esse cheiro-verde por mais tempo. Porque se você só lavar, higienizar, secar e guardar na geladeira, ele vai durar bem pouco, vai começar a amarelar e logo vai estar todo melado e apodrecido.

Para que isso não aconteça siga os passos que te mostro aqui no vídeo:

Dicas:

  • Como mostro no vídeo é importantíssimo que você seque bastante o cheiro-verde (eu uso papel toalha, mas pode ser um pano de prato limpo). É importante que seque bem porque senão vai criar gelo e isso compromete o congelamento.
  • Procure usar um recipiente próprio para congelamento ou um recipiente de vidro. é mais saudável.
  • Quando for usar o cheiro-verde congelado, pode usar diretamente na sua receita (congelado mesmo), se deixar descongelar, ele vai ficar murcho (mas não perde sabor, só aparência).
  • Eu já deixei no freezer por 1 mês e o cheiro-verde continuou perfeito.

Observação:

Pode congelar a cebolinha e o coentro/salsa tudo junto, mas prefiro separado porque fica mais fácil para quando quero usar só a cebolinha em uma receita.

 

Comments

  1. Elisangela says

    Obrigada pelas dicas Patty. Eu sempre saia correndo pra comprar no dia de preparar a receita, por causa da fragilidade das folhinhas. !

  2. says

    Bom dia Patty, já tenho pensado em fazer isso às minhas ervas, para conservar, mas depois me dá a preguiça. Claro que depois de ver o seu vídeo, fiquei entusiasmada e acho que desta vez é que vai ser. O seu tempero caseiro, que eu copiei a receita e achei maravilha, uso em todo o tipo de carne a temperar? Frango, vaca, etc? Bjs

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *