Como fazer Arroz Integral

como fazer arroz integral

Arroz integral para quem está fazendo reeducação alimentar ou para quem quer ter uma alimentação saudável é muito bom porque é muito mais rico nutricionalmente que o arroz branco.

O arroz integral é uma arroz que demora mais para cozinhar porque é um grão mais duro, mas para resolver essa questão uma das dicas é deixar o arroz de molho na noite anterior. Tem gente também, que diz que o arroz integral tem um sabor forte, por isso coloquei lá embaixo no post algumas formas de temperar o arroz integral. Temperar depois de pronto por exemplo, disfarça esse gosto para quem não gosta muito. Eu gosto do sabor dele e acho que com o tempo todo muito vai se acostumando. Aqui em casa por exemplo, as crianças não gostavam muito, mas hoje já comem.

Veja como esse arroz é rico, com a palavra a nutricionista Fernanda Zanovello:

ARROZ INTEGRAL

O arroz integral tem carboidratos (fonte de energia para as atividades diárias), cálcio (importante para a formação de ossos e dentes, contração do músculo cardíaco, prevenção da osteoporose), magnésio (contrações musculares e transmissão de impulsos nervosos), potássio (controla a hidratação celular, transmissão nervosa, contração do músculo cardíaco), fósforo (atua na construção de ossos e dentes, síntese de colágeno, importante para o metabolismo dos carboidratos, das proteínas e das gorduras), fibras (que dão sensação de saciedade prolongada).

E aqui os temperos que normalmente usamos:

 CEBOLA

Cebola tem ação diurética, propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes (protegendo o corpo da ação dos radicais livres), potássio, sódio, cálcio, vitamina C (protege contra infecções, melhora a imunidade, aumenta a absorção de ferro pelo organismo prevenindo a anemia), magnésio, fósforo, auxilia no controle da pressão arterial (prevenindo a hipertensão arterial), evita a formação de coágulos sanguíneos.

 ALHO

Alho tem ação antioxidante (combatendo a formação de radicais livres e o envelhecimento) e bacteriostática (auxiliando o organismo no combate das infecções causadas por bactérias), previne o infarto (reduz o risco de agregação plaquetária), vitamina C, cálcio, potássio, fósforo. Auxilia no controle da pressão arterial (prevenindo a hipertensão arterial), ação expectorante.

 ÓLEO DE COCO

Óleo de coco é composto por TCM (triglicerídeos de cadeia média) que apresentam fácil metabolização, sendo usado como energia pelo organismo. É resistente a oxidação e estável ao calor, sendo indicado para uso culinário. Ação anti-inflamatória, melhora a imunidade, fonte de vitamina E (antioxidante que previne a formação de radicais livres). Porém, deve ser avaliado a prescrição em pacientes que apresentem esteatose hepática. 

SAL MARINHO

Sal marinho é proveniente da evaporação da água do mar. Não sofre refinamento, por isso conserva mais minerais. Contém sódio (essencial para distribuição orgânica de água e volume sanguíneo), iodo (componente dos hormônios tireoidianos T3 e T4, responsáveis pela transformação energética, crescimento, reprodução, função neuromuscular e manutenção do metabolismo celular), enxofre (auxilia no processo de detoxificação do fígado), cálcio, magnésio e flúor (essencial para o crescimento, reprodução normal e prevenção da anemia; componente dos ossos e esmalte dos dentes, prevenção de cáries e osteoporose). 

Ou se preferir:

AZEITE DE OLIVA

Azeite de oliva  tem ácidos graxos monoinsaturados (que contribuem para manutenção de baixos níveis de colesterol ruim – LDL e aumento do bom colesterol – HDL), prevenção de doenças cardiovasculares (aterosclerose), antioxidantes (polifenóis, que protegem as células dos danos causados pelos radicais livres), auxilia no bom funcionamento intestinal. 

Fernanda Zanovello

CRN-9 02100272

Facebook: Fernanda Zanovello

fernandabz2009@gmail.com

 

Existem várias formas formas de fazer arroz integral, veja:

Como fazer Arroz Integral

Classificação: 51

Tempo de Cozimento: 30 minutes

Rendimento: 4

Tamanho da Porção: 4 colheres de sopa

Calorias por Porção: 152

Como fazer Arroz Integral

Arroz integral é muito mais saudável que arroz branco.

Ingredientes

  • 1 xícara (de chá) de arroz integral (usei o agulhinha integral, mas dá para usar o cateto, só tem uma pequena variação de tempo e quantidade de água)
  • 3 xícaras (de chá) de água (normalmente na embalagem diz 2 e 1/2 xícara de água, mas eu prefiro mais molinho)
  • 1 colher (de sopa) de azeite de oliva (eu usei óleo de coco)
  • 1 colher (de sopa) de cebola picada ou ralada
  • 1 colher (de chá) de alho espremido
  • 1 colher (de chá) de sal (usei o marinho)

Modo de Preparo

  1. Coloque o azeite (ou óleo de coco) em uma panela, junte a cebola e o alho e frite um pouco. Acrescente o arroz frite um bocadinho mais, acrescente a água em temperatura ambiente e o sal. Deixe no fogo alto até começar a ferver. Depois coloque o fogo no mínimo, tampe a panela e deixe a água secar (cerca de uns 30 a 40 minutos). Prontinho seu arroz está no ponto.

Como fazer arroz integral

Deixando o arroz de molho

Se você não tem de 30 a 40 minutos para fazer o arroz fresquinho para o almoço, minha dica como já falei é deixar o arroz de molho. Eu sempre faço assim, pois é mais rápido e também economiza gás.

Na noite anterior, lave 1 xícara de arroz e coloque em uma tigela com 3 xícaras de água. Na manhã seguinte, frite a cebola e o alho como expliquei acima e acrescente o arroz com a água do molho (não precisa colocar mais) e o sal. Quando começar a ferver, baixe o fogo, tampe a panela e espere cerca de 15 a 20 minutos. Prontinho e bem mais rápido.

Como fazer arroz integral

Tempero para o arroz integral

Com relação ao tempero do arroz integral você pode variar também.

Eu, na maioria das vezes faço como coloquei acima, frito os temperos e faço o arroz nesse tempero. Mas, se você é daquelas pessoas que acham o sabor do arroz integral muito forte e querem mascarar o gosto, então faça assim:

Coloque 1 xícara de arroz integral já lavado em uma panela, acrescente 3 xícaras de chá de água e 1 colher (de chá) de sal e deixe cozinhar. Em outra panela acrescente algumas gotas de azeite de oliva com a cebola e o alho e frite. Assim que o arroz estiver cozido misture o tempero nele, regue com um pouquinho mais de azeite daí é só servir

Variando o tempero

  • Você também pode ao invés de colocar sal na hora da preparação, esperar e depois de pronto acrescentar o gersal que dá um sabor diferente e especial. Clique aqui e veja como fazer gersal em casa.
  • Outra dica é depois do arroz pronto polvilhar castanha (de caju ou do Pará) ou amêndoa picadinha por cima.
  • Você pode misturar também, depois de pronto, cheiro verde picadinho ou apenas a cebolinha verde, fica muito bom.

Dicas

  • Eu aproveito toda noite antes de ir dormir para ir na cozinha, retiro a carne que vou usar de manhã para fazer o almoço (coloco na geladeira), deixo o feijão (ou o grão de bico, ou a lentilha, etc…) de molho e aproveito já deixo o arroz integral de molho também. Assim, quando eu for fazer o almoço no dia seguinte, vai ser muito mais rápido e vai economizar gás que é uma beleza.
  • Outra coisa que faço é fazer o arroz integral para dois ou três dias. Se você é chata como eu (eu gosto de comida fresca gente, gosto muito de comida de geladeira não), faça assim, no primeiro dia coma o arroz fresco (do dia), no dia seguinte rale uma cenoura, ou coloque alguns legumes picadinhos e no terceiro, você faz um arroz de forno, daí todo dia vai ter uma comidinha boa.

 

Comments

  1. Elizabeth says

    Parabéns Aqui na Cozinha, tenho aprendido muito com você. Receitas muito bem explicadas e com linguagem bem simples. Uso arroz integral e vou experimentar , usando o gersal.
    Obrigada.

  2. Conceição Veloso says

    O segredo para fazer o arroz integral rápido e bem soltinho é cozinha-lo sem sal. Quando estiver secando, colocar 1/3 de xícara de água com sal para terminar de secar e pronto. Faça o teste e depois me conte.

  3. CLAUDIA CARDOSO says

    Parabéns pela receita, muito bem explicada! Vou experimentar, mas gostaria de saber a proporção de água e o tempo para a variedade de arroz integral CATETO.
    Grata!
    Claudia

  4. says

    Claudia se não tiver a quantidade na embalagem, tenta 3 xic de água para 1 de arroz. O mode de fazer pode ser igual ao integral, deixa até secar toda água e ficar macio

  5. CLAUDIA CARDOSO says

    Ok Patty.
    Como vc comentou lá no começo que havia diferença entre os dois, eu perguntei.
    Comprei o integral cateto e não estou acertando faze-lo.
    Vou então tentar fazer igual ao agulhinha…e colocar sal somente no final, como alguém sugeriu.
    Obrigada!

  6. CLAUDIA CARDOSO says

    Combinado Patty.
    Vai demorar um pouquinho pra eu fazer arroz de novo, pq moro sozinha e não cozinho sempre.
    Assim que fizer novamente, volto pra contar.

  7. Fatima says

    Me ajudou bastante eu comecei acomer arroz integral e ele demora muito pra cozinhacozinhar vouusar a sua dica!
    ONG☺☺☺☺

  8. Gilberto Campos Ferraz says

    Obrigado pela ótima dica Conceição Veloso, pela primeira vez meu arroz integral ficou no ponto certo de sal.

  9. Luciana says

    Parabéns pelo post. Na verdade não se deixa o arroz de molho só para diminuir o tempo de cozimento e sim para reduzir os anti-nutrientes que ele possui, pode inclusive colocar umas gotas de limão, soro de iogurte ou vinagre, que ajudam a quebrar essas substâncias. Outro detalhe, nunca refogue o arroz integral, isso serve para o branco que não tem uma camada protetora pra segurar o amido dentro do grão e acaba empapando se não refogar. O arroz integral pode até, demorar mais pra cozinhar se for refogado.

  10. aurora says

    Querida paty ja têm um tempo que como arroz e macarrão integral, mas o arroz não tem jeito passa dos 40minutos coloco de molho de véspera cozinho como água quente fogo alto, quando começa secar baixo, enfim pense. Num Arroz que me faz perder o bom humor. Bjs

  11. Tânia Colina says

    Olá, Patty.

    Vi sua receita de arroz integral. Mas tenho algumas dúvidas.
    Um amigo me deu a dica de deixar de molho um dia antes. Mas uma outra amiga Fisioterapeuta e e atleta me disse que perco os nutrientes dele, deixando-o na de molho na água à noite.
    Outra coisa, é que deixei cozinhar bastante e ele abriu, como vejo nos restaurantes. Ela também disse também que não pode abrir o arroz. Pois se abrir, perdemos as fibras.

    Fiquei confusa e estou quase partindo para o parboilizado.

    No aguardo,
    .

  12. Lucas Marques says

    Uma dúvida : não se recomenda refogar o arroz integral, mas porque? Perde os nutrientes ou é por questão de melhor preparo?
    Parabéns pelo site!

  13. Reinaldo F. Martins says

    Parabéns Patty pelo blog e a todos os que comentaram aqui, fiquei feliz em obter estas dicas do arroz integral e também do feijão branco, pois amo estas delícias e fazem nos muito bem a saúde. Moro sozinho e gosto de cozinhar comidas saudáveis. Beijo e fiquem todos com DEUS.

  14. Antonia says

    Pode-se cozinhar ARROZ INTEGRAL na panela elétrica? Alguém já fez assim? Gostaria muito de uma resposta…Obrigada!!!

  15. DANIEL PEREIRA says

    possoal,muito grato pelas dicas, costumo cozinhar tbm o arroz integral e o feijão branco. Quero tirar outras dúvidas, uso o sal do himalaia,porém não estou encontrando com muita facilidade. Quais as vantagens do sal em pedra? e pode ser usado por muito tempo?

    DEUS abençôe a todos e todas!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *