Bolos Pernambucanos – Patrimônio do Estado no “Nordeste Culinária”

Direto ao ponto

Quando me mudei para Pernambuco o que me chamou muita a atenção foi como o Pernambucano gosta de bolo. Eu tenho amigas que fazem bolo toda terça e toda sexta-feira “religiosamente”, Não falta bolo na casa delas. É muito dificil você chegar na casa de um pernambucano e ele não te oferecer um pedaço de bolo. Outra coisa que eu achei interessante são as lojas que vendem bolos, não é que vendem bolo também, não, só vendem bolo. Não é aquele bolo confeitado, recheado, não. É bolo “simples” assim: bolo de trigo, bolo de macaxeira, bolo de ameixa, bolo de puba, etc… Só aqui em Garanhuns tem várias destas casas de bolo (é assim que chamam aqui). Eu compro, nestas casas de bolo um bolo de macaxeira, de umas 10 fatias por 3, 4 reais, barato, né?

Para você ter uma ideia como o bolo é importante neste Estado, dois deles foram reconhecidos como Patrimônio Cultural e Imaterial do Estado de Pernambuco. O Bolo de Rolo recebeu este título em 2007 (Lei Ordinária Nº 379/2007) e o Bolo Souza Leão em 2008 (Lei  Ordinária nº 357/2007). Estes bolos trazem um pedaço da história pernambucana no seu recheio. Segundo os pesquisadores, por exemplo, o Souza Leão é mais que um bolo, ele representa um verdadeiro grito de independência da nossa gastronomia. Foi a primeira receita legitimamente pernambucana. O Bolo Souza Leão foi criado por dona Rita de Cássia Souza Leão Bezerra Cavalcanti que, querendo valorizar os ingredientes de sua terra, decidiu substituir os ingredientes que se usava para fazer bolo na época, a maioria vindos de Portugal, por elementos daqui.

Para mim o curso de Bolos Pernambucanos do Congresso Nordeste Culinário, que pela primeira vez foi realizado em Recife, era o mais aguardado. Até já fiz  o bolo Souza Leão aqui em casa, mas morria de curiosidade de como se faz o tão delicado Bolo de Rolo. Aprendi! Depois vou fazer aqui em casa e aí publico com passo a passo e tudo.
Os bolos que aprendemos a fazer foram:

1 – Bolo Pé de Moleque
2 – Bolo de Rolo
3 – Bolo de Tapioca
4 – Bolo Luis Felipe com Queijo de Coalho
5 – Bolo Souza Leão
Vou passar as receitas e o modo de preparo e com o tempo vou fazendo com o passo a passo e colocando aqui, ok?

Bolo Pé de Moleque 

Ingredientes

  • 500 g de massa de mandioca
  • 350 ml de coco
  • 400 g de açúcar mascavo
  • 150 ml de mel de engenho
  • 4 ovos
  • 4 cravos
  • 3 g de erva doce
  • 100 g de castanha de caju triturada
  • 100 g de amendoim triturado
  • 200 g de manteiga
  • Castanha de caju para decorar

Modo de Preparo

Bata no liquidificador a mandioca, os ovos, o cravo, a erva doce, o açúcar, o leite de coco e o mel de engenho. Despeje em uma vasilha e acrescente a manteiga derretida, o amendoim e a castanha. Despeje em uma forma untada, decore com as castanhas e leve para assar em forno médio por 40 minutos.

Bolo de Rolo

Ingredientes

  • 250 g de açúcar
  • 250 g de manteiga
  • 5 ovos
  • 300 g de farinha de trigo
  • 300 g de goiabada

Modo de Preparo
Misture o açúcar e a manteiga, junte os ovos e bata até obter um creme esbranquiçado. Misture a farinha com a ajuda de um fouet, mexendo de baixo para cima. Unte e polvilhe, com farinha de trigo, uma forma, coloque uma pequena (pequena mesmo) quantidade de massa e espalhe com a ajuda de uma colher. Leve para assar em forno pré aquecido. Ele assa muito rápido. Depois ainda morno, desenforme. Dissolva a goiabada com um pouco de água, no fogo. Pegue o bolo coloque em cima de um pedaço de papel manteiga, passe a goiabada (bem pouco) e enrole como um rocambole. Corte as extremidades e passe o bolo enrolado no açúcar cristal.

Obs. Não usa fermento

Bolo de Tapioca

Ingredientes

  • 2 xícaras (de chá) de açúcar
  • 200 g de manteiga
  • 4 ovos
  • 2 xícaras (de chá) de farinha de trigo
  • 100 g de coco ralado
  • 200 ml de leite de coco
  • 1 pitada de sal
  • 2 xícaras (de chá) de tapioca
  • 1 xícara (de chá) de leite
  • 1 lata de leite condensado
  • 1 colher (de sopa) de fermento

Modo de Preparo
Bata na batedeira o açúcar, as gemas e a manteiga até ficar cremoso. Junte o leite condensado e bata novamente. Misture a tapioca, a farinha de trigo e o fermento e vá acrescentando na batedeira, intercalando com o leite e o leite de coco. Depois junte o coco ralado. Bata as claras em neve e acrescente à massa. Despeje em uma forma untada e polvilhada com farinha de trigo. Leve ao forno médio, por cerca de 40 minuto ou até ficar dourado.

Bolo Luís Felipe Com Queijo de Coalho

Ingredientes

  • 400 ml de suco de caju ou leite integral
  • 150 ml de mel de engenho
  • 400 ml de leite de coco
  • 8 ovos
  • 1 lata de leite condensado
  • 200 g de queijo coalho
  • 250 g de manteiga
  • 200 g de açúcar
  • 360 g de farinha de trigo

Modo de Preparo
Junte todos os ingredientes e bata no liquidificador por 10 minutos. Forme uma assadeira com papel manteiga e unte e polvilhe farinha de trigo por cima do papel. Despeje a massa e leve para assar por 40 minutos.

Obs. Este bolo também é conhecido como: Bolo da Moça.
Ele fica bom depois de frio

Bolo Souza Leão

Ingredientes

  • 500 g de açúcar
  • 250 ml de água
  • 200 g de manteiga
  • 500g de massa de mandioca
  • 750 ml de leite de coco
  • 9 gemas
  • 1 pitada de sal

Modo de Preparo
Faça uma calda com o açúcar e a água em ponto de fio médio. Desligue o fogo, acrescente a manteiga e deixe esfriar. Junte as gemas peneiradas, o leite de coco, a mandioca e o sal. Bata no liquidificador. Asse em banho-maria, em uma forma untada e polvilhada com farinha de trigo. Depois de assado tire do banho-maria e deixe dourar mais uns 15 minutos no forno.

Obs. Não leva fermento.
O ponto fica bom quando frio.



Este curso de Bolos Pernambucanos foi ministrado pela chef Tânia Bastos. Tânia é chef e consultora para muitas empresas. Além de criar e manter o Espaço de Gastronomia Tânia Bastos, onde ministra treinamento e atualizações para profissionais.

 

27 respostas

  1. Ammmoooo bolo de rolo! Uma das melhores coisas que comi em Recife!!! Por aqui de vez em quando aparecem umas imitações que até enganam na aparência, mas no gosto não passam no "controle de qualidade", rsrsrs.. Só em Recife mesmo para comer o legítimo!

  2. Eu sou suspeita para falar, amo bolos, é minha vida, gosto de todos, confeitados ou não.

    Meu ex marido, é pernambucano, fiquei com um pouco de trauma de tudo da região, mas essas receitas, estão me fazendo ver que o lugar e o povo é bom, ele só que não é!!!

    Vou fazer o Luiz Felipe, que é o nome do meu filho mais velho e tem queijo coalho…
    Posta o passo a passo do bolo de rolo, pra gente, se não for pedir muito é claro!!!

    Beijão

  3. Patty,

    Gostei do post, o negócio é realmente divulgar as riquezas da culinária regional do Brasil! Agora sugiro outro post onde se esxplicaria (para o restante do país, pois eu, tendo marido nordestino, já aprendi, rsrs) coisas como, por exemplo, o que vem a ser 'Massa de mandioca", Massa Puba e etc. Pois podem surgir indagações do tipo: A massa de mandioca que entra no Bolo Pé de Moleque é a mesma macaxeira ralada do bolo de macaxeira?
    (A foto dos bolos está tentadora!)

    Beijinho e bom feriado.

  4. Patty, sempre tive curiosidade com os bolos Luiz Felipe e o Souza Leão. Fiquei imaginando a mistura de suco de caju com queijo coalho e leite de coco! Quanto ao Souza Leão, é muito parecido com o nosso bolo de aipim (mandioca).
    O bolo de rolo ainda vou fazer, porque é intrigante e bonito.
    Vou aguardar o passo a passo.
    Bjs.

  5. Juliana Quando eu fizer (vou fazer com a receita tombada)ai tu faz e vai se esbaldar.

    Sandra só rindo, hahaha.

    Marly vou fazer um post sim. Já andei até fazendo massa puba e massa de mandioca aqui em casa. Sim, a massa de mandioca é a mandioca ralada, só tem uma diferença ela é espremida em um pano para tirar todo o líquido.
    Porém tem gente q deixa a mandioca ralada mergulhada em água por dois dias e só depois espreme. Merece um post, né? eu vou fazer.

    Gina o modo de fazer o Souza Leão é diferente do de macaxeira e isto faz toda a diferença. Quanto ao Luis Felipe, vc sente bem o gosto do caju, quem não gostar faz com leite mesmo.

  6. Patty,

    Que blog maravilhoso é esse meninaaaaaaaa!!!
    Sou filha de Garanhuns mas moro em Salvador,adorei poder pegar receitas dos nossos bolos maravilhososss,que saudadesss!!!Amei!!
    Nosso ptrimônio também é o famoso "Bolo de Noiva",por aqui ninguem faz ico triste quando vou a casamentos rss, sinto saudades do gostinho daquele bolo c ameixas pretinho deliciosooooo.
    Beijos e parabéns!!!!!!!!!!!!!!!

  7. Patty,

    Que blog maravilhoso é esse meninaaaaaaaa!!!
    Sou filha de Garanhuns mas moro em Salvador,adorei poder pegar receitas dos nossos bolos maravilhososss,que saudadesss!!!Amei!!
    Nosso patrimônio também é o famoso "Bolo de Noiva",por aqui ninguem faz fico triste quando vou a casamentos rss, sinto saudades do gostinho daquele bolo c ameixas pretinho deliciosooooo.
    Beijos e parabéns!!!!!!!!!!!!!!!

  8. Oi Patty,

    Engraçado mesmo essa coisa de lojas de bolo, mas também com tanto bolo gostoso e diferente faz valer a pena não é?

    Tinha muita curiosidade quanto ao Bolo Souza Leão, ate que um dia resolvi fazer…Meu Deus, que trem que da trabalho, viche! Mas valeu, ficou ótimo, e eu puder provar a delicia que ele é!

  9. Desses todos o que conheço é bolo de rolo e menina como é bom! Eu trouxe alguns quando estive por aí, pena que acabaram rápido…rs.
    Bjs

  10. Q Delicida de Blog.
    Eu viajooooo.
    Adorei os bolos. La na Paraiba tb tem casa de bolo por todos os lugares, eu aqui no RJ faço bolo todo fim de semana, é uma maravilha e com seus toque fica melhor ainda.
    Parabens.

  11. Ai Q delícia,
    Assim voçê mim mata, ah..ah..ah..
    Parabéns!todas estas receitas são maravilhosas.

    Obs:Sou pernambucano natural de Quipapá próximo à Garanhus, resido em s.sa.desejo fazer uma
    correção de algumas identificações:Como já sabemos, a mandioca que fazemos a farinha,é ident
    outras regiões como mandioca brava.É esta mesma que fazemos a massa de mandioca descas
    cando e colocando na água por um período de +- 8à 10 dias.Ela amolece, é peneirada, bem la
    vada e espremida em um pano.Conhecida também como carimã e puba.Nossa macaxeira/aipim
    é conhecida só como mandioca. Quanto ao sabor, é totalmente diferente a macaxeira/aipim com
    carimã/puba.

  12. Caramba que maravilha adorei esses bolos , gostaria de montar uma cas de bolo aqui em são Paulo , igual se ve no nordeste.mads preciso de receitas que vou testar todas,, bls ameiiiiiiiiiiiii

  13. Por favor, preciso do contato de Tania Bastos, esse não funciona, é q tenho uma Pequena Fábrica de Bolo de Rolo aqui em Garanhuns, e preciso muito falar com Ela. Obrigada! Fernanda

  14. Oi!!
    Sou de Garanhuns e moro atualmente em Florianópolis. Hoje deu uma saudade de bolo de noiva…daí encontrei esse teu blog que aumentou ainda mais a saudade de tudo de minha terrinha. Sou louca por bolo e mantenho o hábito pernambucano de ter sempre um bolinho caseiro em casa. Amei seu blog e vou virar assídua por aqui. Beijo e lembrança à minha terrinha.

  15. Oi querida
    Muito legal esse bolg, parabéns!!!
    Eu gostaria de tirar um dúvida com você, posso?
    Se eu quiser fazer 20 bolos de macacheira dessa receita que você postou, é só fazer 20 medidas?
    você sabe me dizer isso?

  16. Boa noite querida.

    Sou carioca e aqui temos a tapioca seca que vende nos supermercados em saquinhos de 500gr e a tapioca úmida que vendem nas feiras.No bolo de tapioca usa qual?

    Obrigada.

  17. Amada, tenho a mesma duvida a respeito do que seria massa de mandioca, puba etc., compro pronta ou não?, desejo receber mais receitas de bolos simples nordestino, é possível?????

  18. Ainnn que delícia. Sou capixaba mas morei cerca de 9 anos em PE onde fiz faculdade de gastronomia na Nassau com a Chef Tânia Bastos. Não tinha essas receitas. Amo a culinária nordestina, assim como o Nordeste num todo.

  19. Olá, na receita do bolo de tapioca você não informa que a tapioca é a farinha granulada de tapioca.
    Acho que tem que ser mais claro quando citar os ingredientes.
    No bolo de Sousa Leão, você diz massa de mandioca, o certo é massa de puba.
    Se estou errada me informe. Obrigada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.