01

por Ana Beatriz Caldas

A comédia romântica Sem Reservas (que tá mais pra um draminha leve) é daqueles filmes pra assistir em um fim de tarde em que você não tem nada pra fazer (ou tem, mas está com preguiça). A história foge um pouco dos clichês americanos: sim, tem o casal bonitinho, mas eles não são o ponto principal.

02

 Kate, personagem da maravilhosa Catherine Zeta-Jones, é uma chef de cozinha workaholic de um restaurante chiquérrimo de Manhattan. Com pouco tempo para cuidar de sua vida pessoal, Kate acaba tendo dificuldades em estabelecer relações afetivas, o que se mostra um impasse quando sua pequena sobrinha Zoe (a fofíssima Abigail Breslin, de Pequena Miss Sunshine) se vê obrigada a morar com ela.

A obra mostra uma série de situações em que Kate, inicialmente fria, precisa repensar sua postura e dar uma chance para que seres vivos que não lagostas, codornas e peixes (que, na realidade, nem vivos estão, né) entrem e modifiquem sua vida.

03

É aí que entra o também chef Nick (Aaron Eckhart, que nunca me satisfaz muito na tela, mas que está um amor nesse papel), que contratado pela chefe de Kate, é um grande fã de seu trabalho – e de ópera, o que o faz cantarolar em várias cenas, deixando Kate desesperada com tanta espontaneidade. Além disso, a maioria das cenas envolve o cotidiano corrido de um restaurante, o que faz com que nos encantemos (ainda mais!) pela arte da gastronomia.

Sem Reservas cumpre bem sua função de retratar, de forma sensível e sem as comuns declarações de amor piegas do gênero, como, por muitas vezes, afastamos as pessoas por nos preocupar demais com coisas superestimadas – e que, de fato, pode-se conquistar alguém pelo estômago.

Aqui você pode assistir o trailer legendado:

Fotos: Divulgação

 

Essa é a minha dica de hoje. Espero que gostem.

Abraços,

Ana Beatriz Caldas
Estudante de jornalismo na UEPB
Colaboradora do Aqui na Cozinha
Twitter: @beatce

3 respostas

  1. Concordo com vc Patty em número, gênero e grau. rsrsrs
    Tb gosto muito desse filme, a atriz mirim é fantástica e torna o filme perfeito.
    Eu não sou muito da Catherine Zeta-Jones ( cisma minha), mas gostei muito do filme..
    Bela dica.
    😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.