É verão! Bom sinal! Já é tempo de…

Vamos aproveitar essa estação tão gostosa que é o verão e cuidar da nossa alimentação e praticar alguma atividade física.

Direto ao ponto

Entrar em forma

Olá pessoal,

Chegou uma estação deliciosa do ano. E  quem  aqui vem se preparando para o verão?! Está um pouquinho acima do peso e quer eliminar uns quilinhos extras?  Então, que tal mudar alguns hábitos alimentares, pra ficar no “shape” na praia?! Além disso, neste período as temperaturas são elevadas e os dias são mais longos, por isso temos que nos preparar.

Não iremos abordar aqui o tratamento de obesidade e sindrome metabólica, pois nesse caso é muito importante que haja uma avaliação completa de acordo com a individualidade bioquímica de cada paciente com acompanhamento de profissionais capacitados.  Vamos relembrar orientações gerais para ajudar a dar aquela desinchada e fazer aquele ajuste final no corpinho, combinado?

O acúmulo de gordurinhas extras estão associadas aos maus hábitos alimentares, excesso de toxinas ambientais, estresse, sedentarismo, entre outros fatores. Por isso, o primeiro passo é corrigir gatilhos e controlar esse ambiente inflamatório no organismo, para não desenvolver outras patologias. Por isso, é fundamental a introdução de alguns alimentos funcionais. E aqui vão algumas dicas:

  • Faça alguma atividade fisica que te dê prazer. O importante é se mexer.
  • Fracione as refeições e não esqueça de fazer os lanchinhos. Pois isso irá acelerar seu metabolismo. Leve sempre uma opção de lanchinho na bolsa. E se estiver na praia vale muito a pena o consumo da água de coco e a polpa também.
  • Beba bastante água, pois nesse período de muito calor, é muito comum que haja desidratação. E a água é fundamental para os processos bioquímicos do organismo.
  • Introduza mais fibras na alimentação: farelo de aveia, semente de chia, farelo de amaranto ou granola (sem açúcar)
  • Varie ao máximo o pão com mais raízes na alimentação, como: aipim, inhame, fruta pão
  • Associe nas refeições gordura “boa”: azeite de oliva (até 0,5% de acidez), abacate, oleagenosas, açaí
  • Introduza mais antioxidates com o consumo de frutas e verduras. Uma boa dica são as frutas vermelhas, ricas em antocianinas (potentes antiinflamatórios)
  •  Varie as opções proteicas e aumente o consumo de peixes (rico em w3)
  • Consuma mais alimentos antiinflamatórios. Ex: gegibre (rico em gingerol), cúrcuma (rico em curcumina), e suco de uva  (rico em resveratrol)

Mas, não se esqueçam sempre de procurar  um profissional capacitado para darem o suporte adequado.  Espero que tenham gostado das dicas e bom verão pra todos!!!!!

Abraços,

 

Dra Mariana Jones

Nutricionista clinica funcional e ortomolecular

Colaboradora do Aqui na Cozinha

Facebook: Nutricao Clinica Funcional e Ortomolecular

Foto: www.sxc.hu

3 respostas

  1. Eu amei a dica eu voltei pra a cademia mas estou me sentindo muito inchada !!! Estou pesando atualmente 92 quilos. Qual seria, uma alimentaçao a dequalda, para mim???.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.